Visita Missionária às Fraternidades de Floriano

Etiquetas

, ,

Nestes dias do Tríduo Pascal estaremos visitando as Fraternidades da Diocese de Floriano no sul do estado do PI.

Quinta-feira Santa em Floriano: visita ao Bispo Dom Valdemir, encontro com os frades e Postulantes e celebração às 19h na Igreja de Nossa Senhora das Graças.

Sexta-feira Santa visita ao Noviciado em Marcos Parente com a celebração às 16h na Igreja Matriz e Via-Sacra pelas ruas da cidade.

Sábado Santo visita aos frades da cidade de Guadalupe: encontro com os frades, visitas as lideranças da Paróquia e celebração da Vigília Pascal as 19h na Igreja Matriz.

Domingo retorno a Floriano com a celebração de Pascoa às 10h30 na Igreja do Pe. Pio junto com o nosso Frei Vicente que completou seus 88 anos de idade e almoço festivo. E às 19h Missa de Páscoa na Igreja Matriz de Nossa Senhora das Graças.

Em todos os dias nos encontraremos com os nosso Benfeitores das Vocações Franciscanas, Vocacionados, Paroquianos e encontros com os frades partilhando a nossa caminhada franciscana.

Segunda retornamos para Bacabal para os nosso encontro dos Guardiães e Ecônomos de nossa Província Franciscana.

A todos nossos Votos de uma Feliz e abençoada Páscoa!

Fr. Bernardo ! Paz e Bem!

Franciscanos de Latino América! Paz e Bem!

Etiquetas

, ,

XXIII ASAMBLEA DE LA UCLAF

UCLAF 2014

Dos dias 6 a 11 de abril de 2014 se realizou em Coyacan, D.F., México a XXII Assembleia da UCLAF( União das Conferencias Latino Americanas dos Franciscanos, OFM). Na foto oficial se encontram os Ministros Provinciais e Custódios da OFM em toda a América Latina. Esteve conosco o nosso Ministro Geral Fr Michael Perry, que durante nosso encontro nos ajudou a refletir sobre nossa presença franciscana nestas terras latinas e nos entusiasmou para a nossa participação no Capítulo Geral de nossa Ordem a se realizar em Maio/Junho de 2015 em Assis.

O Momento mais solene foi a celebração eucarística aos pés de Nossa Senhora de Guadalupe em seu Santuário em Tepeyacac, onde todos juntos pedimos a intercessão da Estrela da Nova Evangelização sobre toda a nossa Igreja e de modo particular por nosso Papa Francisco.

Paz e Bem !

De volta para as Missões no Brasil!

Hoje estamos voltando para o Brasil após estes dias da Assembleia da UCLAF na cidade do México. Agradeço a todos pelas orações e logo vou partilhar algumas fotos do nosso encontro. Chegando em São Luis sigo logo para Bacabal e na quita feira santa para a cidade de Floriano para celebrar o Tríduo Pascal com os frades de Floriano, Marcos Parente-Ladre Sales e Guadalupe ( do PI). Vou visitar de modo muito especial nosso Postulantado, o Noviciado e ao novo grupo de Benfeitores das Vocações Franciscanas.

Uma abençoada Semana Santa a todos! Paz  e Bem!

Fr Bernardo, vosso Ministro e Irmão Menor!

 

Peregrino em terras Mexicanas

Etiquetas

, ,

XXIII Assembleia da UCLAF, México!

mexico

Paz e Bem a todos os Peregrinos,

Nestes dias estou participando da XXIII Assembleia da União das Conferencias Franciscanas da América Latina-UCLAF. Na América Latina somos 4 conferencias da OFM: Conferencia Brasileira, Cone Sul, Bolivariana e Guadalupe.

Estou juntamente com os irmãos Provinciais do Brasil e na medida do possível irei partilhar este importante encontro através de fotos e pequenos textos.

Nesta quarta-feira vamos visitar o Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe com a missa presidida pelo nosso Ministro Geral da OFM. Vou levar cada irmão e irmã peregrino(a) na oração e pedir a intercessão da Virgem de Guadalupe por toda a nossa Família Franciscana.

Paz e Bem !

Viagem Missionaria Franciscana

Hoje viajo para a cidade do Mexico para participar juntamente com os Ministros Provinciais do Brasil da Assembleia da União das Conferencias Franciscanas da America Latina, UCLAF. Será um encontro que reúne todos os Ministros Provinciais, Custódios e frades que nos ajudam na caminhada da vida e missão franciscana na América Latina. A nossa grande alegria será visitar o Santuario da Virgem de Guadalupe.
Um abraço de Paz e Bem e levo a cada peregrino no coração! 

Viagens Missionárias Franciscanas

Etiquetas

, ,

Viagem Missionária às Fraternidade de Teresina/PI

 

278545_Papel-de-Parede-Mapa-Mundi-Velho_1920x1200

Nestes dias 28 a 31 de março estaremos visitando as fraternidades franciscanas da cidade de Teresina/PI.

Será uma visita fraterna aos irmãos da nossa Província, nossas casas de formação e Paróquia de São Raimundo Nonato. Visitaremos nosso Eremitério Franciscano, um local de oração para retiros e encontros de contemplação franciscana para muitos peregrinos de todo o nosso nordeste e de todo o Brasil. Nas celebrações eucarísticas também vamos encontra com os nossos Benfeitores, Vocacionados e JUFRA/OFS.

Celebrações Eucarísticas:

Sexta, 28 às 19h na Matriz de São Raimundo Nonato.

Sábado com os confrades da nossa Fraternidade.

Domingo às 17h na Comunidade do Sagrado Coração, Paróquia de São Raimundo; e às 19h na Matriz de São Raimundo Nonato!

Conto com as vossas orações,

Paz e Bem !

Valentes Seguidores

Etiquetas

,

    Em nossa pequenez te pedimos a graça, Senhor Jesus, de sermos Valentes Seguidores !

Valentes Seguidores

“ Meu Servo, o justo, fará justos inúmeros homens, carregando sobre si suas culpas. Por isso, compartilharei com ele multidões e ele repartirá suas riquezas com os valentes seguidores, pois entregou o corpo à morte, sendo contato como um malfeitor; ele, na verdade, resgatava o pecado de todos e intercedia em favor dos pecadores”

Is 53, 11b-12

Paz e Bem!

Fonte: Leitura das Laudes, Liturgia das Horas, 3 Semana da Quaresma, Sexta-feira, 28.03.14.

Mutirão da Reconciliação

Etiquetas

Hoje na Igreja de Santa Clara de Assis, comunidade da Vila Coelho Dias, Bacabal/MA. Mutirão da Reconciliação com Santa Clara de Assis!

image

Hoje nossos sacerdotes franciscanos com toda a comunidade de Santa Clara, a partir das 19h,  faremos um mutirão de oração convidando todo o nosso povo ao abraço da misericórdia do Pai de Amor. Convidamos todos ao sacramento da confissão, da reconciliação e da misericórdia.

Venha participe conosco com suas orações e cânticos junto com Santa Clara de Assis e São Francisco de Assis.

Comunidade Santa Clara, Vila Coelho Dias, Bacabal/MA, 19h às 22h30 !

PAZ E BEM !

A Verdadeira Oração

Etiquetas

, , ,

“Lembre-se que, acima de tudo, devem desejar ter o Espírito do Senhor e sua santa operação, orar sempre a Ele com o coração puro e ter humildade”

Santa Clara de Assis.(Regra de Vida, Fontes Franciscanas, Vozes, pág. 1723)

Festa de Santa Clara 143

Pela oração sincera e humilde durante todo este dia, durante seu trabalho e estudos, prepare seu coração para o Sacramento da Reconciliação oferecendo o Verdadeiro Sacrifício Espiritual!

O sacrifício espiritual

A oração é o sacrifício espiritual que aboliu os antigos sacrifícios. Que me importa a abundância de vossos sacrifícios? – diz o Senhor. Estou farto de holocaustos de carneiros e de gordura de animais cevados; do sangue de touros, de cordeiros e de bodes, não me agrado. Quem vos pediu estas coisas? (Is 1,11).

O Evangelho nos ensina o que pede o Senhor: Está chegando a hora, diz ele,em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e verdade. Deus é espírito (Jo 4,23.24), e por isso procura tais adoradores.

Nós somos verdadeiros adoradores e verdadeiros sacerdotes, quando, orando em espírito, oferecemos o sacrifício espiritual da oração, como oferenda digna e agradável a Deus, aquela que ele mesmo pediu e preparou.

Esta oferenda, apresentada de coração sincero, alimentada pela fé, preparada pela verdade, íntegra e inocente, casta e sem mancha, coroada pelo amor, é a que devemos levar ao altar de Deus, acompanhada pelo solene cortejo das boas obras, entre salmos e hinos; ela nos alcançará de Deus tudo o que pedimos.

Que poderia Deus negar à oração que procede do espírito e da verdade, se foi ele mesmo que assim exigiu? Todos nós lemos, ouvimos e acreditamos como são grandes os testemunhos da sua eficácia!

Nos tempos passados, a oração livrava do fogo, das feras e da fome; e no entanto ainda não havia recebido de Cristo toda a sua eficácia.

Quanto maior não será, portanto, a eficácia da oração cristã! Talvez não faça descer sobre as chamas o orvalho do Anjo, não feche a boca dos leões, não leve a refeição aos camponeses famintos, não impeça milagrosamente o sofrimento; mas vem em auxílio dos que suportam a dor com paciência, aumenta a graça aos que sofrem com fortaleza, para que vejam com os olhos da fé a recompensa do Senhor, reservada aos que sofrem pelo nome de Deus.

Outrora a oração fazia vir as pragas, derrotava os exércitos inimigos, impedia a chuva necessária. Agora, porém, a oração autêntica afasta a ira de Deus, vela pelo bem dos inimigos e roga pelos perseguidores. Será para admirar que faça cair do céu as águas, se conseguiu que de lá descessem as línguas de fogo? Só a oração vence a Deus. Mas Cristo não quis que ela servisse para fazer mal algum; quis antes que toda a eficácia que lhe deu fosse apenas para servir o bem.

Consequentemente, ela não tem outra finalidade senão tirar do caminho da morte as almas dos defuntos, robustecer os fracos, curar os enfermos, libertar os possessos, abrir as portas das prisões, romper os grilhões dos inocentes. Ela perdoa os pecados, afasta as tentações, faz cessar as perseguições, reconforta os de ânimo abatido, enche de alegria os generosos, conduz os peregrinos, acalma as tempestades, detém os ladrões, dá alimento aos pobres, ensina os ricos, levanta os que caíram, sustenta os que vacilam, confirma os que estão de pé.

Oram todos os anjos, ora toda criatura. Oram à sua maneira os animais domésticos e as feras, que dobramos joelhos. Saindo de seus estábulos ou de suas tocas, levantam os olhos para o céu e não abrem a boca em vão, fazendo vibrar o ar com seus gritos. Mesmo as aves quando levantam voo, elevam-se para o céu e, em lugar de mãos, estendem as asas em forma de cruz, dizendo algo semelhante a uma prece.

Que dizer ainda a respeito da oração? O próprio Senhor também orou; a ele honra e poder pelos séculos dos séculos.

Paz e Bem !

Fonte : Do Tratado sobre a oração, de Tertuliano, presbítero. (Cap.28-29: CCL 1,273-274,Séc. III). Do Ofício das Leituras de hoje ! Paz  e Bem !

Papa aos políticos: "Pecadores serão perdoados, corruptos não"

Etiquetas

, ,

Na dialética da liberdade, existe o Senhor bom, que nos ama tanto! Ao contrário, na lógica da necessidade não há lugar para Deus: a ordem é ‘fazer’, ‘dever’… é uma ordem comportamental: são homens de boas maneiras, mas de péssimos costumes”.

Eu vivo na lógica da Liberdade ou da Necessidade ?


Papa Francisco aos PoliticosCerca de 500 políticos, entre deputados, senadores e ministros do governo italiano participaram, às 7h desta quinta-feira, da missa celebrada pelo Papa Francisco no Altar da Cátedra da Basílica de São Pedro.
Os Presidentes da Câmara e do Senado, Laura Boldrini e Pietro Grasso, lideraram o grupo. O convite foi feito no início de fevereiro pelo capelão de Montecitorio (sede do Governo), Mons. Lorenzo Leuzzi, “atendendo a desejo do Papa de acolher os pedidos de muitos parlamentares que queriam participar de sua missa da manhã”.
Em sua homilia, Francisco lembrou que nos tempos de Jesus, a classe dirigente havia se afastado do povo, o havia ‘abandonado’ por ser corrupta e incapaz de enxergar além de sua ideologia.
Interesses partidários e lutas internas: nisso pensavam aqueles que comandavam, ao ponto que quando Messias apareceu diante deles, não o reconheceram e o acusaram de ser um curandeiro do bando de Satanás”.
Na primeira leitura, extraída do livro de Jeremias, o profeta narra o “lamento de Deus” por uma geração que não lhe prestou ouvidos e que se justificava por seus pecados, dando-lhe as costas. “Esta é a dor do Senhor, a dor de Deus”, disse o Papa.
O coração daquelas pessoas com o tempo se endureceu tanto que ficou impossível ouvirem a voz do Senhor. É muito difícil um corrupto voltar atrás. Os pecadores sim, porque o Senhor é misericordioso e os espera, mas os corruptos ficam presos em suas coisas; e por isso, se justificam”.
Estas pessoas, prosseguiu o Papa, “erraram o caminho”, fizeram resistência à salvação de amor do Senhor e acabaram se desviando da fé.
Os fariseus recusaram o amor do Senhor e esta negação os levou a um caminho que não era o da dialética da liberdade que o Senhor oferecia, mas o da lógica da necessidade, onde não há lugar para o Senhor. Na dialética da liberdade, existe o Senhor bom, que nos ama tanto! Ao contrário, na lógica da necessidade não há lugar para Deus: a ordem é ‘fazer’, ‘dever’… é uma ordem comportamental: são homens de boas maneiras, mas de péssimos costumes”.
A Quaresma, concluiu Francisco, nos lembra que “Deus ama todos” e que “devemos fazer o esforço de nos abrir a Ele”:
Fará bem a todos nós pensar no convite do Senhor ao amor e nos questionarmos se estamos caminhando neste sentido, ou estamos ‘correndo o risco de nos justificar e escolhermos outro caminho?’ Rezemos ao Senhor para que nos dê a graça de optar sempre pela estrada da salvação, que nos abra à salvação que vem somente de Deus e da fé, e não das propostas dos ‘doutores do dever’ que perderam a fé e regiam o povo com a teologia pastoral do dever”.
Desde que tomou posse, em 22 de fevereiro passado, o Governo do jovem premiê Matteo Renzi tem recebido encorajamentos do Vaticano: o Cardeal Secretário de Estado, Dom Pietro Parolin, fez votos de que Renzi consiga realizar as reformas estruturais necessárias ao país, tendo como prioridade a questão do trabalho e as famílias.

Paz  e Bem !

Fonte: Texto proveniente da página do site da Rádio Vaticano

Catequese do Papa Francisco

Etiquetas

  Na Audiência Geral, o Papa Francisco refletiu sobre o sacramento da Ordem

           Um sacerdote, um padre, que não está a serviço de sua comunidade não faz bem

Nosso Papa nos traz muita luz para a compreensão da nossa missão como Sacerdotes Franciscanos.

Queridos irmãos e irmãs,

Papa Francisco e N Sra de FatimaJá tivemos oportunidade de referir que os três sacramentos, do Batismo, da Confirmação e da Eucaristia, constituem juntos o mistério da “iniciação cristã”, um único grande evento de graça que nos regenera em Cristo. É esta a vocação fundamental que une todos na Igreja, como discípulos do Senhor Jesus. Há depois dois sacramentos que correspondem a duas vocações específicas: trata-se da Ordem e do Matrimônio. Esses constituem dois grandes caminhos através dos quais o cristão pode fazer da própria vida um dom de amor, a exemplo e em nome de Cristo, e assim cooperar à edificação da Igreja.

A Ordem, caracterizado nas três grades do episcopado, presbiterato e diaconato, é o Sacramento que habilita ao exercício do ministério, confiado pelo Senhor Jesus aos apóstolos, de apascentar o seu rebanho, no poder do seu Espírito e segundo o seu coração. Apascentar o rebanho de Jesus não com o poder da força humana ou com o próprio poder, mas aquela do Espírito e segundo o seu coração, o coração de Jesus que é um coração de amor. O sacerdote, o bispo, o diácono deve apascentar o rebanho do Senhor com amor. Se não o faz com amor não serve. E nesse sentido, os ministros que são escolhidos e consagrados para este serviço prolongam no tempo a presença de Jesus, se o fazem com o poder do Espírito Santo em nome de Deus e com amor.

1. Um primeiro aspecto. Aqueles que são ordenados são colocados como líderes da comunidade. São “a cabeça” sim, porém para Jesus isso significa colocar a própria autoridade a serviço, como Ele mesmo mostrou e ensinou a seus discípulos com estas palavras: “Sabeis que os chefes das nações as subjugam, e que os grandes as governam com autoridade. Não seja assim entre vós. Todo aquele que quiser tornar-se grande entre vós, se faça o vosso servo. E o que quiser tornar-se entre vós o primeiro, se faça vosso escravo. Assim como o Filho do homem veio, não para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por uma multidão” (Mt 20,25-28 // Mc 10,42-45). Um bispo que não está a serviço da comunidade não faz bem; um sacerdote, um padre que não está a serviço da sua comunidade não faz bem, erra.

2. Uma outra característica que sempre deriva desta união sacramental com Cristo é o amor apaixonado pela Igreja. Pensemos no trecho da Carta aos Efésios, na qual São Paulo diz que Cristo “amou a Igreja e se entregou por ela para a santificar, purificando-a com a  água, mediante a palavra, para a apresentar a si mesmo uma Igreja gloriosa, sem mancha nem ruga, ou qualquer outra coisa “(5:25-27). Por força da Ordem, o ministro dedica-se totalmente  à sua comunidade e a ama de todo o coração coração: é a sua família. O bispo, o padre amam a Igreja em sua própria comunidade, fortemente. Como? Assim como Cristo ama a Igreja. O mesmo dirá São Paulo do casamento: o marido ama sua esposa como Cristo ama a Igreja. É um grande mistério de amor: o ministério sacerdotal e o matrimônio, dois sacramentos, que são a maneira pela qual as pessoas costumam ir para o Senhor.

3. Um último aspecto. O apóstolo Paulo aconselha seu discípulo Timóteo a não descuidar, mais do que isso,  a reavivar sempre  o dom que há nele. O dom que lhe foi dado através da imposição das mãos (cf. 1 Tm 4, 14, 2 Tm 1,6). Quando  não se alimenta o ministério, o ministério do bispo, o ministério do sacerdote com a oração, com a escuta da Palavra de Deus, e com a celebração diária da Eucaristia e também com a presença do sacramento da Penitência, é inevitável perder de vista o o sentido autêntico do próprio serviço e a alegria que deriva de uma comunhão profunda com Jesus.

4. O bispo que não reza, o bispo que não escuta da Palavra de Deus, que não celebra todos os dias,  que não se confessa regularmente, e o mesmo para o padre que não faz estas coisas, com o tempo, perdem a sua união com Jesus e vivem uma mediocridade que não é boa para a Igreja. Por  isso, devemos ajudar os bispos e padres a rezarem, a ouvirem a Palavra de Deus que é o alimento diário,  a celebrarem a Eucaristia todos os dias e irem à confissão regularmente. Isto é tão importante porque diz respeito à santificação dos sacerdotes e bispos.

5. Gostaria de terminar com uma coisa que me vem à mente: mas como se deve fazer para se tornar um sacerdote, onde são vendidos os acessos ao sacerdócio? Não. Não se vendem. Esta é uma iniciativa do Senhor. O Senhor chama. Ele chama cada um daqueles que Ele quer que se torne sacerdote. Talvez existam alguns jovens aqui que sentiram este chamado em seu coração, o desejo de se tornar padre, o desejo de servir aos outros nas coisas de Deus, o desejo de estar por toda a  vida a serviço para catequizar, batizar, perdoar, celebrar a Eucaristia, cuidar dos doentes … e toda a vida dessa forma. Se algum de vocês já sentiu isso no coração,  é Jesus quem a colocou ai. Prestem atenção a este convite e rezem para que ele possa crescer e dê fruto em toda a Igreja.

Paz e Bem!

Fonte: CIDADE DO VATICANO, 26 de Março de 2014 (Zenit.org) – Na catequese desta quarta-feira, 26, Papa Francisco refletiu sobre o sacramento da Ordem.

O Verbo se fez carne e habitou entre nós

Etiquetas

Solenidade da Anunciação do Senhor

rainha dos anjos porciuncula

O sacramento da nossa reconciliação

A humildade foi assumida pela majestade, a fraqueza, pela força, a mortalidade, pela eternidade. Para saldar a dívida de nossa condição humana, a natureza impassível uniu-se à natureza passível. Deste modo, como convinha à nossa recuperação, o único mediador entre Deus e os homens, o homem Jesus Cristo, podia submeter-se à morte através de sua natureza humana e permanecer imune em sua natureza divina.

Por conseguinte, numa natureza perfeita e integral de verdadeiro homem, nasceu o verdadeiro Deus, perfeito na sua divindade, perfeito na nossa humanidade. Por “nossa humanidade” queremos significar a natureza que o Criador desde o início formou em nós, e que assumiu para renová-la. Mas daquelas coisas que o Sedutor trouxe, e o homem enganado aceitou, não há nenhum vestígio no Salvador; nem pelo fato de se ter irmanado na comunhão da fragilidade humana, tornou-se participante dos nossos delitos.

Assumiu a condição de escravo, sem mancha de pecado, engrandecendo o humano, sem diminuir o divino. Porque o aniquilamento, pelo qual o invisível se tornou visível, e o Criador de tudo quis ser um dos mortais, foi uma condescendência da sua misericórdia, não uma falha do seu poder. Por conseguinte, aquele que, na sua condição divina se fez homem, assumindo a condição de escravo, se fez homem.

Entrou, portanto, o Filho de Deus neste mundo tão pequeno, descendo do trono celeste, mas sem deixar a glória do Pai; é gerado e nasce de modo totalmente novo. De modo novo porque, sendo invisível em si mesmo, torna-se visível como nós; incompreensível, quis ser compreendido;existindo antes dos tempos, começou a existir no tempo. O Senhor do universo assume a condição de escravo, envolvendo em sombra a imensidão de sua majestade; o Deus impassível não recusou ser homem passível, o imortal submeteu-se às leis da morte.

Aquele que é verdadeiro Deus, é também verdadeiro homem; e nesta unidade nada há de falso, porque nele é perfeita respectivamente tanto a humanidade do homem como a grandeza de Deus.

Nem Deus sofre mudança com esta condescendência da sua misericórdia nem o homem é destruído com sua elevação a tão alta dignidade. Cada natureza realiza, em comunhão com a outra, aquilo que lhe é próprio: o Verbo realiza o que é próprio do Verbo, e a carne realiza o que é próprio da carne.

A natureza divina resplandece nos milagres, a humana, sucumbe aos sofrimentos. E como o Verbo não renuncia à igualdade da glória do Pai, também a carne não deixa a natureza de nossa raça.

É um só e o mesmo – não nos cansaremos de repetir – verdadeiro Filho de Deus e verdadeiro Filho do homem. É Deus, porque no princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus: e o Verbo era Deus. É homem, porque o Verbo se fez carne e habitou entre nós (Jo 1,1.14).

Paz e Bem !

Fonte: Das Cartas de São Leão Magno, papa (Epist. 28, ad Flavianum, 4: PL 54,763-767, Séc.V). Do ofício das Leituras da Solenidade.

Solenidade da Anunciação do Senhor

Etiquetas

Anunciação

Reconheça o mundo inteiro, ter chegado a salvação: cessa o julgo do pecado, aparece a Redenção.

Já se cumpre a profecia: uma virgem dá à luz; Gabriel vem a Maria, anuncia-lhe Jesus.

Do Espírito concede a que nele acreditou, e O que não cabe no mundo no seu seio se encerrou. 

Hoje celebramos as vésperas da Solenidade da Anunciação do Senhor, celebração da encarnação do amor em nossa história, em nossas vidas. Com esta Solenidade desejo iniciar uma nova etapa em nosso Site Franciscano, agora com o título “Espiritualidade e Mística Franciscana”, no desejo de partilhar um pouco da alegria franciscana, do amor de Francisco pelo mistério da Encarnação. Uma Espiritualidade e uma Mística que é sempre atual e revolucionária, pois como em todos os tempos, também hoje, temos muitos irmãos e irmãs, que pela ação do Espirito Santo, respondem generosamente à vontade de Deus com o seu SIM.

Para sermos fiéis ao nosso SIM, como irmãos e em fraternidade, somos convidados a conhecer e a aprofundar nossa Espiritualidade e a nossa Mística Franciscana. Hoje nossa sociedade deseja evangelizadores com uma autêntica espiritualidade e podemos dizer que muitos conhecem um pouco da Espiritualidade Franciscana, temos um terreno muito fértil, e que com um pouco de ousadia e coragem podemos pedir a graça de transformar o pouco que conhecemos, ou entendemos, em práticas e gestos concretos de amor e solidariedade. Com a nossa prática pessoal e de fraternidade, poderemos testemunhar com as nossas próprias palavras a com a nossa própria experiência, a mística do Amor, que se encarna em nossa vida concreta, em nossa história.

Que Maria Imaculada interceda por nós,

Peregrino Franciscano, Paz e Bem !

Franciscanos MA/PI

Etiquetas

Encontro do nosso Definitório da Província.

Nestes dias estamos reunidos como Definitório da Província Franciscana de Nossa Senhora da Assunção. Definitório é o nome dado à fraternidade dos frades que tem a responsabilidade da animação e coordenação dos diversos trabalho e iniciativas da Evangelização e Missão dos Frades Menores, da nossa Provincia, nos estados do MA e do PI.

São três dias intensos de trabalhos com uma pauta longa com os mais variados aspectos da vida fraterna, da missão e da coordenação dos serviços a nós confiados pela Igreja local e pela Cúria Geral da OFM: a formação dos frades novos, as etapas da formação à vida sacerdotal e profissional dos frades que vão assumir as Paróquias a nós confiadas, os projetos sociais e os campos de missão e evangelização além-fronteiras.

Neste Definitório um ponto de pauta importante é a nossa presença no sul do PI  no contexto referente à integração da Fundação Missionária de Nossa Senhora das Graças à Província de Nossa Senhora da Assunção.

Pedimos as orações de todos. Nosso encontro iniciou nesta quinta dia 20 e se conclui neste sábado com um almoço fraterno na Fraternidade de São Francisco das Chagas, Bacabal.

Um abraço de Paz e Bem!

Solenidade de São José

Etiquetas

Paz e Bem! Hoje na Solenidade de São José ofereço a meditação do Ofício das Leituras, que é de um santo franciscano, a todos os amigos do Blog do Peregrino Franciscano. Desejo a todos uma abençoada Quaresma e nossa gratidão pela amizade e oração ao longo da caminhada.

Que Deus nos abençoe sempre. Paz e Bem !

José Santo

Dos Sermões de São Bernardino de Sena, presbítero. Leitura do Ofício das Leituras da Solenidade de São José

Sermo 2, de S.Ioseph:Opera7,16.27-30, (Séc.XV)

Guarda fiel e providente

É esta a regra geral de todas as graças especiais concedidas a qualquer criatura racional: quando a providência divina escolhe alguém para uma graça particular ou estado superior, também dá à pessoa assim escolhida todos os carismas necessários para o exercício de sua missão.

Isto verificou-se de forma eminente em São José, pai adotivo do Senhor Jesus Cristo e verdadeiro esposo da rainha do mundo e senhora dos anjos. Com efeito, ele foi escolhido pelo Pai eterno para ser o guarda fiel e providente dos seus maiores tesouros: o Filho de Deus e a Virgem Maria. E cumpriu com a máxima fidelidade sua missão. Eis por que o Senhor lhe disse: Servo bom e fiel! Vem participar da alegria do teu Senhor! (Mt 25,21).

Consideremos São José diante de toda a Igreja de Cristo: acaso não é ele o homem especialmente escolhido,por quem e sob cuja proteção se realizou a entrada de Cristo no mundo de modo digno e honesto? Se, portanto, toda a santa Igreja tem uma dívida para com a Virgem Mãe, por ter recebido a Cristo por meio dela, assim também, depois dela, deve a São José uma singular graça e reverência.

Ele encerra o Antigo Testamento; nele a dignidade dos patriarcas e dos profetas obtém o fruto prometido. Mas ele foi o único que realmente possuiu aquilo que a bondade divina lhes tinha prometido.

E não duvidemos que a familiaridade, o respeito e a sublimíssima dignidade que Cristo lhe tributou, enquanto procedeu na terra como um filho para com seu pai, certamente também nada disso lhe negou no céu, mas antes, completou e aperfeiçoou. Por isso, não é sem razão que o Senhor lhe declara: Vem participar da alegria do teu Senhor! Embora a alegria da felicidade eterna penetre no coração do homem, o Senhor preferiu dizer: Vem participar da alegria. Quis assim insinuar misteriosamente que a alegria não está só dentro dele, mas o envolve de todos os lados e o absorve e submerge como um abismo sem fim.

Lembrai-vos de nós, São José, e intercedei com vossas orações junto de vosso Filho adotivo; tornai-nos também propícia vossa Esposa, a santíssima Virgem, mãe daquele que vive e reina com o Pai e o Espírito Santo pelos séculos sem fim. Amém.

Paz e Bem !

Façamos juntos a Novena de São José

Etiquetas

São José e o Menino Jesus

Imagem de São José com o menino Jesus presente na Igreja de Santo Antônio de Lisboa, em Lisboa, Portugal.

Convido aos nossos leitores e amigos à devoção a São José. Hoje começa o novenário a este grande santo a quem podemos recorrer para alcançar muitas graças e bênçãos.

Abençoa Senhor, pela intercessão de São José, todos os peregrinos que andam neste mundo anunciando o Evangelho com Amor e alegria.

“Era peregrino e me acolhestes” Mt. 25, 35

Paz e Bem !

Frei Adolfo, frei Heriberto e frei Frederico celebrarão dia 19 de junho de 2014 “50 Anos” de evangelização no Nordeste do Brasil

Neste ano Fr Heriberto, Adolfo e Frederico celebram seus 50 anos de Missão Franciscana no Brasil!! Vamos celebrar com muita alegria! Paz e bem !

Uma foto muito especial !

image

Um visitante muito fotogênico, que inspirou ao coração estas palavras:

“Louvai e bendizei ao meu Senhor, e rendei-lhe graças e servi-o com grande humildade”
Cantidos das Criaturas de São Francisco

A foto foi tirada da janela do quarto e com a proteção de vidro devido ao clima muito frio neste tempo de inverno em Roma. Mas foi possivel registrar a ilustre visita que esperou tirar a foto com muita atenção. Paz e Bem !

Peregrinos neste mundo !

image

Ao centro da foto se encontra o Ministro Geral dos Frades Menores, OFM, Fr Michael Antony Perry (EUA).
O encontro se desenvolve com a participação de vários assessores e todos nós teremos uma conversa pessoal com Fr Michael para partilhar a realidade e os desafios de cada Provincia em particular. Ao todo serão duas semanas de estudos e partilha e um banho de informações sobre a realidade das missões franciscanas em todo o mundo.
Um abraço a todos de Roma, Paz e Bem !

Encontro dos Ministros Provinciais em Roma

image

Encontro dos novos Ministros Provinciais com o Ministro Geral e seu Definitório em Roma.
Ao todo somos 27 Ministros Provinciais: 1 Lituania, 3 Brasil, 1 Colombia, 1 Albania, 2 Filipinas, 1 França-Belgica, 5 Itália, 2 Espanha, 1 Bosnia-Erzegovina, 1 Marrocos, 1 Tongo, 1 Polonia, 1 Alemanha, 1 Olanda, 1 Zimbabwe, 1 Egito, 1 Argentina, 1 Japão e 1 da Polonia.

Todos foram eleitos entre 2012 e 2013. São dias de aprendizado sobre a realidade da Ordem dos Frades Menore em todo o mundo, desafios e esperaças. As linguas oficiais para a nossa comunicação é o Italiano, Espanhol e o Ingles.

Um abraço a todos e nossa gratidão pelas orações ! Paz e Bem !

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 280 outros seguidores